(41) 3679.8100

SUS que deu certo

SUS-que-deu-certo

 

Ao longo desses anos de experiência profissional nessa instituição, consigo perceber que apesar de um SUS sem entraves de acesso, integral, sem subfinanciamento, com regularidade de transferências dos recursos ainda ser uma realidade distante, aqui pode-se dizer que “deu certo”.

Temos um interessante exemplo de gestão! É uma gestão extremamente dinâmica, precisa, que se adequa, que se profissionaliza, que inova. Cumpre prazos agiliza os serviços para garantir acolhimento e acesso resolutivo dos pacientes: e não são poucos, são muitos, vindos de muitos lugares desse país.

Sempre orientados pelos critérios estabelecidos pelas Normas Operacionais do SUS e pelos gestores da secretarias municipal e estadual de saúde busca a racionalidade dos gastos num esforço conjunto e contínuo com os profissionais. Otimiza os recursos; investe em capacitação também tecnológica proporcionando excelência em medicina cujos resultados legitimaram as “habilitações” proporcionando repasses financeiros diferenciados pelo Fundo Nacional de Saúde.

Neste contexto tais práticas transformaram essa instituição em referência em Transplantes de Órgãos, Cirurgia Bariátrica, Cirurgia Oncológica, Ortopédica, Vascular, Neurológica, etc. Conta com UTIs especializadas e é um dos hospitais “retaguarda e estratégico” do estado do Paraná, hospital referência em Urgência e Emergência, além de ser um hospital auxiliar de ensino.

Com muito orgulho: é um hospital de abrangência nacional!

Considerando que a saúde é um dos principais setores na economia do país, sua gestão é complexa; no entanto se tem uma avaliação positivado SUS, cujo financiamento é preocupação permanente, mais que não impede manter a Sociedade Hospitalar Angelina Caron funcionando de forma regular e sustentável.

Por: Maria Olinda – Faturamento SUS